Galego | Español | Euskera | English | Português | Français | Italiano | Polski | Português BR
 
 
 
 
Início | OQO editora | Colecção O | Uma história cheia de lobos

Menú de Usuario

 
 


Colecção O  







Uma história cheia de lobos

Roberto Aliaga & Roger Olmos
14,00€ | 978-84-9871-339-8
40 págs. | cartonado | 25x23 cm |
junho 2012

Havia lobos pequenos e lobos maiores. Lobos acordados e lobos dorminhocos. Lobos recémnascidos… e lobos idosos. Havia lobos de todas as cores: pretos, castanhos, azul-céu… Havia lobos de óculos e lobos de chapéu. Lobos a escrever cartas, lobos a jogar ao lencinho e lobos a fazer xixi num formigueiro do caminho. A história estava cheia de lobos!
 
Roberto Aliaga apresenta-nos nesta história um original universo onde os lobos de todas ashistórias convivem juntos à espera de serem chamados para o seu próximo acontecimento literário. Nesta espécie de limbo, em que cada um se entretém à sua maneira, à alerta do Lobo Comilão sobre a falta de comida, mobilizados por um mesmo objetivo e uma necessidade partilhada: saciar a fome.
O percurso dos lobos pelas diferentes páginas do álbum em busca de comida requer a cumplicidade e a interação do leitor, que deve estar atento e ter os cinco sentidos bem apurados ao saltar de página em página.
Ritmo e frescura nesta proposta original tanto em relação ao texto de Roberto Aliaga como à recriação que realiza Roger Olmos. “Uma vez lida e relida a história, observei que não havia nenhum tipo de elemento espacio-temporal que localizasse este conto cheio de lobos. Perfeito para mim”, admite o ilustrador catalão, que, livre deste tipo de condicionalismos, recria um mundo fictício “alegre e disparatado”.
Por este motivo, a entrada neste mundo de lobos de conto assemelha-se à de um parque de atrações. O ilustrador pretende que ele “assuste um pouco” o leitor que se encontra prestes a submergir neste universo de plataformas, casas, pontes, esculturas que encaixam como um puzzle e que parecem reconhecíveis cenários cinematográficos futuristas.
 
Como contraponto a uma capa de aparência “um tanto agressiva”, Roger Olmos coloca um lobinho tímido e curioso a aparecer no exterior. Desta forma, introduz a ternura que inunda as ilustrações da história e também a ideia de que os seres que habitam estas páginas não são tão terríveis assim.
Com este objetivo, foge dos tons escuros que seriam mais apropriados para vestir as personagens "más" das histórias e aposta numa paleta de pintura a óleo de cores vistosas, que afiançam no leitor a sensação de que está perante personagens que não há que temer.
 
Texto de Roberto Aliaga
Ilustrações de Roger Olmos
Tradução do espanhol Elisabete Ramos

+ 3 anos
Também disponível em: ES | GL | FR | IT
 
 
 

Alemaña, 72
36162 Pontevedra
(Galiza) Espanha
T +34 986 109 270
F +34 986 109 356
© OQO. Reservados todos os direitos